Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 1 de maio de 2017

Frutos do Bem

 

OS FRUTOS DO BEM

Quando vivemos nossa vida de forma plena e feliz… não ficamos nos preocupando em como o outro escolheu viver a vida dele.

Aquele que é feliz consigo mesmo, não fica se metendo na vida do outro, não fica querendo interferir em como o outro vai viver.

Aquele que se aceita como é… tenderá também a aceitar o outro da forma que ele é ou que ele quer ser.

Mas aquele que não gosta de si mesmo, que rejeita a si mesmo, que tem aversão a certos aspectos de seu comportamento, vai desgostar do outro, vai rejeitar o outro, terá aversão do comportamento do outro.

Quem está satisfeito consigo mesmo… não tentará moldar o outro naquilo que ele acredita ser o correto.

Quem não está satisfeito consigo mesmo, vai sempre tentar modificar o outro; alterar o comportamento do outro, ditar regras ao outro, colocar-se acima do outro, achar que o outro tem algo errado.

Aquele que vive bem, quer ver o outro bem. Aquele que vive em paz, quer que o outro viva em paz; aquele que vive feliz, aspira a felicidade de todos.

Desejamos para todos aquilo que existe de mais sublime dentro de nós.

Quem tem uma escuridão dentro de si, anseia que o outro experimente essa mesma escuridão.

Quem tem Deus dentro de si, quer que todos vivam plenamente com Deus dentro de todos.

A felicidade possui o impulso da expansão. Ela quer se espalhar para todos. Mas a infelicidade também quer ser espalhada.

Se um dia você tiver dúvidas se está bem ou está mal, entre dentro de si e procure descobrir qual sentimento você deseja ao outro.

Se você deseja o bem para todos, você está bem. Se deseja apenas o mal, você está mal.

O mal que você deseja, é o mesmo mal que existe em seu interior e que te destrói. É exatamente o mesmo mal que surgirá em toda a sua vida. É o mal que você viverá e atrairá. É o mesmo mal que te assombrará até ser resolvido e transformado.

Aprenda a máxima: Só podemos dar ao outro aquilo que temos dentro de nós

Fique primeiro de bem contigo mesmo, pois somente assim seu bem poderá transbordar ao mundo.

A macieira não pode dar banana; a bananeira não pode dar limão. A rosa não esparge o aroma do lírio. Da mesma forma, o homem mau pode oferecer apenas o mau que tem em si. O homem de bem pode oferecer os frutos do bem que vem de sua alegria, de sua paz, de sua felicidade, de sua liberdade.

(Hugo Lapa)

Tratamento espiritual de vidas passadas a distância

portaldoespiritualismo@gmail.com

 

 

 

Read Full Post »