Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 10 de fevereiro de 2019

O que é o apocalipse

 

O QUE É O APOCALIPSE?

O que seria o chamado “apocalipse”, que estamos vivendo cada vez mais intensamente nos dias de hoje?

O apocalipse nada mais é do que a colheita de nossa própria semeadura…

Plantamos guerras, fome, desigualdades sociais, violência, pobreza, destruição do meio ambiente… ninguém recicla seu lixo, ninguém ajuda a preservar o meio ambiente, ninguém faz nada para evitar o desmatamento da amazônia. Então hoje estamos vivendo tragédias que nós mesmos criamos, com nosso egoísmo, nosso orgulho, nossa vaidade…

As pessoas só pensam em si mesmas, querem ganhar do outro, serem ricas e viverem apenas pelos prazeres da matéria… tudo isso gera disputas, brigas, ódio e rixas coletivas, principalmente no Brasil o povo é extremamente desrespeitoso… quase todo mundo anda além do limite de velocidade, coloca som alto incomodando os vizinhos, baixa programas piratas, compra produtos piratas, fura filas, estaciona em vaga de deficientes, quer se apropriar do espaço público, passa por baixo da roleta do ônibus, fica conversando na fila do supermercado e atrasando todos os outros, enfim… estamos vivendo nada mais do que o resultado de nossas próprias escolhas, de nossa sanha de querer sempre se dar bem, sempre levar vantagem em tudo, puxar o tapete do outro, fazer fofoca para prejudicar o colega de trabalho, ganhar em cima do outro, etc.

Fazemos tudo isso ao invés de buscar uma sociedade mais solidária, mais coletivista, mais caridosa, onde o espaço público esteja em primeiro lugar. As pessoas hoje preferem shoppings ao invés de praças públicas, preferem o espaço privado ao espaço público, que é de todos. Ao invés de tentarem melhorar o público, que é gratuito e todos podem usufruir, preferem ficar em lojas e shoppings num consumismo desenfreado que tenta aplacar um pouco do vazio interior que sentimos. Esse vazio é o resultado de tudo o que semeamos ao longo de nossa vida, uma vida de competição, de entretenimento, onde hoje preferimos ligar a TV e ver bobagens do que ler um livro.

Ficamos vidrados em programas sensacionalistas em nossas tardes que só mostram violência, violência e mais violência… programas esses que nos deixam mais e mais violentos e com ódio dos bandidos, além de mais propensos a brigas, confusões e até a violência doméstica. Hoje em dia o álcool é incentivado em propagandas de TV, mesmo sendo a droga que mais mata, que mais causa a violência, que mais gere acidentes de trânsito e agressões à mulheres e crianças. Mesmo com tudo isso… ninguém liga e poucos lutam para que essas propagandas acabem. Hoje em dia, principalmente no Brasil, há um ódio político intenso, onde ninguém mais respeita a visão do outro. Se uma pessoa divulga as ideias do seu candidato, não há conversa, há quase sempre xingamentos, julgamentos, desrespeito, ironias. Não ouvimos mais o outro… não refletimos mais… desejamos apenas fazer com que nossa visão se sobreponha às demais e vivemos ávidos por cliques e visualizações em nossas redes sociais que confirmem aquilo que já sabemos, ao invés de nos abrir para aprender mais coisas.

A aparência conta muito mais do que a essência. Muitos tiram “selfies” e expõe seus corpos e sua aparência física nas redes sociais. Vídeos de maquiagens da moda estão entre os mais assistidos. Em vez de lerem livros, debaterem sobre teorias, sobre assuntos profundos, de poesia, filosofia, artes, espiritualidade, as pessoas preferem falar de bobagens, futilidades, coisas que não tem nenhuma importância, para ganhar curtidas e visualizações. Tudo isso ajuda as pessoas a não pensarem, a não refletirem, a viverem sempre na superfície, pois se elas aprofundarem em seu interior e nas principais questões atuais verão sua própria miséria espiritual, enxergarão claramente seu vazio, sua vida oca e sem sentido. Então preferem fugir de tudo… viver fugindo de si mesmas, na expectativa de um dia, quem sabe, de alguma forma as coisas melhorarem sem que elas precisem entrar dentro de si mesmas e encontrarem uma resposta. Essa é uma das maiores ilusões que alguém pode mergulhar.

Tudo isso mostra que estamos vivendo nada mais nada menos do que o retorno de nossas próprias ações e escolhas. Isso é o apocalipse, nada mais. O apocalipse é mais interno do que externo… o terremoto será mais interior do que exterior. Nossas normas humanas e tudo o que acreditamos vai desabar, pois somente assim um novo mundo poderá nascer… um mundo interior e exterior, que no final das contas, ambos são um só.

(Hugo Lapa)

Tratamento espiritual de vidas passadas à distância

portaldoespiritualismo@gmail.com

Read Full Post »