Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Casos de Terapia de Vidas Passadas’ Category

SAUDADE DE VIDAS PASSADAS

Pergunta:

Boa noite, acabei de conhecer seu site e ele me trouxe até aqui.
Queria entender o que está acontecendo comigo e não sei mais pra onde ir, já faço terapia com psicóloga a quase 1 ano e esse sentimento só aumenta.
Sinto falta da minha filha. Mas nunca tive filhos ou estive grávida, e acabei de fazer 25 anos. Comecei a sentir isso há alguns anos mas não havia identificado o que era. Agora percebi que é saudade. Sinto uma saudade enorme no peito e meu colo vazio. O vazio do meu corpo sem ter essa pessoa para abraçar, sinto fisicamente um vazio nos meus braços. Penso nela todos os dias, o dia inteiro. Fico triste por não tê-la e choro sempre por isso, pensando quando a terei e se a terei algum dia.
Já sonhei várias vezes com uma menina de cabelos pretos, olhos brilhantes e sorriso doce, e sempre acordo feliz por isso. Sempre a vejo com a idade por volta de 4 anos. Ela é linda e pensar nela faz meu peito se encher de alegria.
As pessoas não entendem quando digo que sinto falta fisicamente da filha que não conheço e nunca tive. Na verdade nem eu entendo porque isso acontece. Queria ter filhos logo para ver se esse vazio é preenchido, mas no momento não posso e nem sei se isso resolveria.
Queria uma ajuda com isso. Aguardo uma resposta.

Resposta:

Algumas pessoas sentem falta de parentes de outras vidas, e algumas vezes esses parentes são filhos que tivemos. Para você sentir toda essa saudade, essa filha deve ter sido alguém que, em vidas passadas, você teve uma ligação muito forte de amor, e continua tendo. No entanto, geralmente quando sentimos esse forte apego e saudade, é possível que essa pessoa tenha sido tirada de você, ou tenha morrido, e você nunca tenha aceitado isso. Pode ser também que você a tenha visto morrer, e tenha ficado o restante de uma ou mais vidas passadas sofrendo pela falta dela. Esse sentimento hoje em dia permanece, mas não é um sentimento da vida atual, mas sim um sentimento de uma vida passada que passou para a vida atual. Todo sentimento de amor é válido, é bom, nos eleva. No entanto, no seu caso, esse sentimento já ultrapassou a barreira do amor e está na esfera do apego, um total apego a uma pessoa, a ponto de você se sentir vazia sem a pessoa, como se lhe faltasse alguma coisa. Você precisa tomar consciência que o espírito não tem nada vazio, ele é pleno em si mesmo, pois ele foi criado por Deus e possui a presença de Deus dentro de si, portanto, nada lha falta. Quando temos um apego tão forte assim por uma pessoa, isso passa a gerar sofrimento, seja agora, seja num futuro mais ou menos próximo. No seu caso, é necessário que você se liberte desse apego para que possa viver bem e feliz o máximo possível. Digo o máximo possível pois você já deve ter percebido que a felicidade verdadeira não é deste mundo. As pessoas podem ser felizes por um tempo maior ou menor, mas essa felicidade é sempre passageira. Portanto, procure se libertar desse apego, pois ele não te fará bem em nenhuma circunstância… Você também pode tratar esse apego através de técnicas que tratam as vidas passadas, como a Terapia de Vidas Passadas, a Captação Anímica ou a Apometria.

Autor: Hugo Lapa

 

Read Full Post »

 

CASOS DE VIDAS PASSADAS: Vida de Escravo

Gostaria de contar a vocês um caso que eu atendi recentemente com a terapia de vidas passadas.

Era uma jovem de 26 anos que veio para a terapia com uma queixa de repulsa e aversão ao trabalho. Qualquer atividade obrigatória que ela tivesse que realizar já a deixava desanimada, cansada e sem vontade. Ela sentia uma rejeição que não conseguia compreender em relação a trabalho e obrigações. Também não se sentia bem quando alguém lhe dava ordens e mandava ela fazer as coisas.

Iniciamos a regressão a fim de tentar entender a causa desse sentimento de aversão ao trabalho e a seguir ordens. Ela então começou a se perceber num local bem antigo, com ferramentas na mão e realizando vários tipos de trabalho. No entanto, ela relatou que se tratava de um trabalho forçado, onde ela era obrigada a exerce-lo, tinha pouco tempo de descanso e trabalhava até a exaustão física. Havia todos os sinais de uma vida de trabalho escravo.

A jovem percebeu que muitos anos haviam se passado e ela estava naquela situação, sem poder de escolha, sem poder fazer coisa alguma de sua vida, apenas trabalhando forçadamente para outras pessoas. Era um homem nessa vida passada, um escravo. Constantemente sofria maus tratos e agressões. Ela sentia que tudo isso estava na base desse sentimento atual de aversão ao trabalho, a esforço físico e a rejeição de qualquer tipo de mando ou autoridade.

Realizamos então o tratamento desta vida passada com as técnicas da Terapia de Vidas Passadas para esse tipo de caso. Depois ela passou pela morte, se viu saindo do corpo físico, e sendo acolhida por seres de luz. Toda a carga dessa vida passada foi sendo liberada e ela passou a sentir um bom alívio de tudo aquilo.

Alguns dias após a sessão, ela nos contou que estava se sentindo mais disposta e menos cansada. Estava agora conseguindo realizar algumas tarefas e não se sentia presa e avessa ao esforço.

Vidas de escravidão são muito comuns de serem encontradas na terapia de vidas passadas.

Autor: Hugo Lapa

Atendimento com Terapia de Vidas Passadas

lapapsi@gmail.com

Read Full Post »

Prisão

CASO DE TERAPIA DE VIDAS PASSADAS

Sentimento de Prisão

Queria contar um caso bem legal que eu atendi com a terapia de regressão a vidas passadas. A pessoa me autorizou a contar sem que fosse revelado seu nome.

Uma mulher de 40 anos, funcionária pública. Ela chegou à terapia com a queixa de que se sentia muito presa. Tinha quase sempre uma sensação de ausência de liberdade.

Queria sair, fazer muitas coisas, mas sentia-se quase sempre aprisionado em algo que não sabia explicar.

Esse desejo de liberdade não parecia ter nenhuma explicação em sua história de vida, nem infância, nem adolescência. Ela fez psicoterapia por anos, mas não conseguiu descobrir a origem desse sensação.

Iniciamos a regressão a vidas passadas para tentar encontrar a causa desse sentimento aparentemente inexplicável. Ela começou a ter contato com cenas de uma mulher que estava num local escuro e frio. Era uma espécie de prisão antiga. Sentiu que essa mulher estava há anos muitos presa nesse local. Essa moça, que era ela mesmo numa vida passada, sentia uma imensa tristeza por estar tanto tempo nesse cárcere. Usamos então algumas técnicas para drenar essa tristeza e descarregar tudo isso de dentro dela. A paciente começou então a se ver jovem. Tinha um marido, que era um homem influente na época. Esse marido teve algum desentendimento com ela, algo que não ficou muito claro, mas parecia que ela havia traído seu marido com outro homem, que ela amava. O marido usou seu poder para ordenar que ela fosse presa e passasse o restante de sua vida na cadeia. Ela reviveu os momentos de angústia, e após colocar toda essa emoção para fora, sentiu-se muito leve e tranquila. Atravessou o momento de sua morte, e viu que alguns seres de luz a tomavam pelas mãos e a conduziam a locais no plano espiritual superior.

Ela percebeu que o sentimento de ausência de liberdade tinha origem nesse episódio de vidas passadas. Após a sessão ela sentiu muito melhor.

Duas semanas depois, na próxima sessão, ela me relatou que o sentimento de prisão havia sumido completamente, e que agora ela já não ansiava mais por sua liberdade, pois agora ela já se sentia livre.

Quem quiser saber mais sobre o atendimento com a Terapia de Vidas Passadas, basta enviar um e-mail para lapapsi@gmail.com

Autor: Hugo Lapa

Read Full Post »